Empresa De Engenharia Licitações

Como sua Empresa de Engenharia pode participar de licitações?

Licitações, Lances, Pregões. Quando o assunto é vender um bem ou um serviço a um órgão público, sempre surgem diversas dúvidas sobre como se dá este processo, não é mesmo?

Toda empresa, seja ela de qual porte for, possui uma política de compra e venda de bens e serviços. E, em uma empresa de engenharia, não é diferente. Para que a mesma tenha sustentabilidade financeira é preciso que se tenha uma política bem definida de aquisições ou venda de serviços, e nesta política é muito importante que se considere a venda para os órgãos públicos. Porém, como se vende um produto ou um serviço para órgãos governamentais?

É exatamente sobre este assunto que falaremos neste post, isto é, como sua empresa de engenharia pode vender serviços para os órgãos públicos?

Boa leitura!

Em empresas públicas ou nas empresas que lidam com recursos públicos, as compras e contratações de serviços se dá por meio de licitações com seus vários tipos e modalidades. No Brasil existem leis que foram redigidas exatamente com o intuito de regulamentar e ditar procedimentos para uniformizar os processos de compras pelas instituições públicas.

Mas afinal, o que é uma Licitação?

Licitação é um processo administrativo, onde toda empresa ou entidade que queira realizar operações mercantis com o poder público, tem assegurado por lei, uma igualdade de condições de concorrência. Este processo é regulamentado pela Lei 8666/93, que estabelece critérios sucintos e objetivos de escolha das propostas de compra e venda mais vantajosas para o interesse público.

Como sua empresa de engenharia pode participar de Licitações?

Levar sua empresa de engenharia a participar de uma licitação pública é uma excelente oportunidade de crescimento, uma vez que a administração pública é a maior compradora do Brasil. Entretanto, boa parte dos empreendedores ainda têm dúvidas sobre como entrar em uma licitação desse tipo e acabam perdendo boas oportunidades de negócios e também dinheiro.

Para que isso não ocorra com você, leia a seguir os passos para sua empresa de engenharia participar de uma licitação:

  • preparar toda a documentação necessária.
  • Realizar o cadastro nos órgãos públicos de cadastros de fornecedores da administração pública.
  • Comprovar alguns aspectos de sua empresa tais como a certidão de regularidade fiscal, habilitação jurídica e qualificação técnica.
  • Efetuar o cadastro nos portais de compras da administração pública e onde são divulgados os editais e anúncios dos pregões pelo país.
  • Fazer o cadastro principalmente no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (SICAF) que permitirá à sua empresa de engenharia participar de licitações do Governo Federal.
  • Realizar o cadastro também no órgão responsável pelo seu estado para participar de licitações do governo estadual.
  • Analisar minuciosamente o edital de licitação pública atentando para os principais pontos, para que assim, você apresente uma proposta condizente com os interesses do órgão licitante. Essa é uma forma de sua empresa de engenharia ter mais chances de sair vencedora do processo licitatório.

Após estudar o edital, é chegado o momento de você elaborar uma ótima proposta para disputar a licitação. 

Na elaboração desta proposta existem alguns pontos nos quais você deve considerar:

  • Não tente sair muito do preço de referência inserido no edital, apenas para tentar vencer o certame.
  • Apresente propostas realistas e que sejam possíveis de se cumprir à risca.
  • Anexe todos os documentos solicitados no edital.

O mercado de licitações públicas no Brasil, fatura bilhões de reais anualmente. Certamente é uma grande oportunidade para levar sua empresa de engenharia a uma melhor lucratividade e também a um crescimento célere e sustentável.

Outras vantagens para sua empresa de engenharia participar de processos licitatórios são:

  • Você tem o controle de, para quem você quer vender seus serviços;
  • Sua empresa de engenharia ganha mais credibilidade perante seus clientes.
  • Não existem barreiras quanto a quem pode participar, ou seja, não há impedimento para micro e pequenas empresas e nem para profissionais liberais ou MEI. Sendo assim, qualquer pessoa pode participar de um processo licitatório, desde que atenda as exigências legais.

De fato, participar de um processo licitatório não é tão difícil quanto parece. Ademais, pela quantidade de documentos exigidos e a quantidade de etapas, você pode observar que as licitações são processos sérios e a lei é muito rígida no tangente à eventuais fraudes. Participe e veja você mesmo como tudo funciona!

Agora que você já sabe como sua empresa de engenharia pode participar de licitações, aproveite para começar a se planejar para o próximo pregão. Basta seguir esse passo a passo!

Tem mais alguma dúvida sobre como sua empresa de engenharia pode participar de licitações? Deixe seu comentário que teremos um imenso prazer em interagir com você!

Mãos à obra e muito boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *